eblack
478553392156439
Loading...

Estilista, de 21 anos, aposta em moda agênero e peças costuradas manualmente

A moda não precisa usar a ideia de separação de gênero. Cada um veste o que quiser. Pelo menos, é o que pensa o estilista Raziel Pinna...



A moda não precisa usar a ideia de separação de gênero. Cada um veste o que quiser. Pelo menos, é o que pensa o estilista Raziel Pinna de 21 anos.

Revelado  este ano no Projeto Moda Rio e destaque na 4° edição da Veste Rio., o estilista levou para as passarelas do festival de moda, roupas que podem ser usadas por pessoas de qualquer gênero.  Além disso, a marca Camus, que pertence ao jovem tem todas as suas peças feitas à mão. A grife vem ganhando o público e está sendo considerada a marca COOL no seguimento luxo.

Raziel tomou esta iniciativa depois de ver sua avó costurar, por anos, para empresas de grande porte e ganhar de forma injusta para desenvolver seus trabalhos. A marca, ainda, tem como propósito ser ética, justa e consciente na hora de remunerar as costureiras.



Pinna descobriu seu amor por moda de uma forma tradicional. Ele começou a entender que tinha um olhar próprio para tudo que encontrava nas lojas ou vitrines. "Eu sempre queria modificar algo, queria vestir algo que fosse de minha concepção", conta o estilista.

Com o passar dos anos, ele foi desenvolvendo e construindo de maneira autodidata técnicas de modelagens, costura manual, bordados e se aventurando com seus traços originais em seus croquis.



Aos 17 anos, conseguiu sua primeira bolsa de estudos na Casa Geração Vidigal. Com isso, conseguiu uma visão profissional.

"Ali, eu vi o viés que eu precisava para criar a minha concepção do que era moda de verdade", contou o profissional da costura que quis trazer para sua grife uma transformação e um novo olhar:

“Quando achar que tudo estar por fim, olhe para dentro, permita-se a redescobrir o sentido daquilo que faz e entender que a moda está além de tecido.”

Coleção RE-O-LHAR

Com esse novo conceito, o estilista lançou a RE-O-LHAR, na Veste Rio de outubro deste ano, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Na coleção, a marca levou seus cortes perfeccionistas, retos e oversized, mostrando que é possível que aquilo que te veste adaptar a você, sem esforços. Ele também levou a sua famosa desconstrução, cortes a fio, tudo feito à mão.



Depois do sucesso de sua participação no evento, a Presidente da Sintecidos RJ, Nazra Simão, responsável pela entrada da CAMUS em feiras de negócio, declarou:

“Em sua 4ª edição, em outubro passado, nós levamos para a Veste Rio, a Camus, concebida pelo jovem estilista Raziel Pinna. A marca chegou até o Sintecidos pelas mãos de seu assessor Wallace Safra, que já tinha firmado uma parceria com o Sintecidos. Este trabalho conjunto teve uma repercussão fantástica no meio fashion, com geração de mídia espontânea e excelentes negócios! Nós do Sintecidos ficamos honrados em termos lançado a Camus na mais significativa feira de negócios de moda do Brasil e esperamos colher bons frutos dessa linda parceria”.




Mais informações www.instagram.com/sejacamus/


Acompanhe o EBLack no Instagram e no Youtube.


Estilista 1425073800424880874

Postar um comentário

Página inicial item

Curta o EBlack

Popular Posts