eblack
478553392156439
Loading...

Luke Cage, Funk, Soul e Muita Muito Mais!

Luke Cage é umas das séries que mais me chamou a atenção nesses últimos tempos, não só pela beleza dos seus cenários, fotografia, pelos óti...

Luke Cage é umas das séries que mais me chamou a atenção nesses últimos tempos, não só pela beleza dos seus cenários, fotografia, pelos ótimos atores e atuações, mas também pela sua qualidade sonora.

Durante os 13 episódios da sua primeira temporada, o Harlem's Paradise foi palco para grandes artistas da Black Music Norte-Americana, e o mais interessante é que cada música tocada, cada artista que se apresentava no palco do Paradise, completa o sentido da cena e ajuda a definir o ton de cada episódio com sua música, o que torna Luke Cage ainda mais interessante.

 Se você já assistiu a série e quer saber um pouco dessa galera, ou se você ainda não assistiu mas que saber se vale a pena, aumente o som, afaste a cadeira do hack e se prepare pra balançar os esqueletos ao som da trilha sonora de Marvel's Luke Cage!

 Charles Bradley - "Ain't In a Sin"

  
Cantor estadounidense de funk, soul e R&B nascido em 1948 em Gainesville, Flórida.
Suas performances e estilo de gravação consistem com os padrões revival da gravadora com a qual trabalha, a Daptone Records, celebrando o sentimento da música funk e soul das décadas de 60 e 70.[2] Bradley demonstra claramente as influências de James Brown e Otis Redding, tendo inclusive sido dito que ele ecoa a rendição evocativa de Otis Redding.

 Jidenna - long live the chief

Cantor e produtor americano, nascido em 1985

Method Man - Bulletproof love  



Method Man, nome artístico de Clifford Smith, (Long Island, Nova York, 2 de Março de 1971) é um rapper, ator e produtor musical americano. Method é membro do grupo Wu-Tang Clan e apareceu em filmes e séries como CSI, How High, The Wire, Garden State, Soul Plane e Luke Cage e em jogos como Def Jam: Fight for NY, entre outros.

 Sharon Jones - 100 Days, 100 Nights

 

 Sharon Jones (4 de maio de 1956 - 18 de novembro de 2016) foi uma cantora estadunidense de soul e funk e vocalista da banda Sharon Jones & The Dap-Kings. Em 2014, Jones foi indicada pela primeira vez ao prêmio Grammy, categoria Best R&B Album, por Give the People What They Want. Morreu em 18 de novembro de 2016, aos 60 anos, devido a um câncer pancreático.

Esses foram apenas alguns dos que passaram e com certeza vão passar pela série, pois a Netflix já anunciou a sua segunda temporada!

Espero que tenham gostado! Comentem, compartilhem e até a próxima!

Adriano Oliveira  - Publicitário, amante de um bom vinho e de uma boa série!
 Facebook - Instagram


Música 3385603124889071877

Postar um comentário

Página inicial item

Curta o EBlack

Popular Posts