eblack
478553392156439
Loading...

Kente os tecidos dos Reis Africanos

Kente é um tecido tradicional dos povos Ashanti ou Asante que formaram um dos maiores impérios residentes no continente africano, eles o...



Kente é um tecido tradicional dos povos Ashanti ou Asante que formaram um dos maiores impérios residentes no continente africano, eles ocuparam um grande espaço no mapa e na cultura do continente e imprimiram tudo isso em padrões coloridos nesse tipo de artesanato.


Kente era tecido dos Reis


A tradição era ornamentar os reis do império Ashanti com os melhores panos e as melhores estampas. O pano feito com tiras de seda entrelaçadas tem uma textura diferente dos tecidos de algodão que a gente conhece e a palavra significa "cesta", por ter sua produção parecida com as cestas entrelaçadas. Inicialmente esse costume ficou concentrado no povo Ashanti, mas se espalhou por toda África - apesar de ainda ser considerado mais ligado ao povo de Gana (descendentes direto do povo Ashanti).


Cores tem muitos significados 

Vocês devem saber que a cultura Africana não se desenvolveu pela tradicional escrita como em outras culturas. O povo Negro sabia como ninguém usar suas expressões artísticas para transmitir o conhecimento dos antigos e isso, aliás, foi uma das coisas que fez toda a riqueza da cultura africana sobreviver ao período soturno da escravidão. Os panos Kente carregavam muito disso, primeiramente nas cores que remetiam a ideias íntimas do povo. 

Amarelo simboliza riqueza e prosperidade, afinal a África era o continente do Ouro e era principalmente utilizado pelo rei em suas reuniões públicas. O Branco sempre foi a pureza espiritual. inocência e paz, mas era uma cor rara para o Kente, em várias produções podia ser encontrado em finos fios. Também tem um carater divino, encontrado nas religiões de matriz africana como a Umbanda no Brasil. 
O Verde é o símbolo da vida e da harmonia, como na natureza tem a ver com a juventude, já o azul simboliza a paciência e a sabedoria, pois lembra dos grandes espaços entre o céu e a terra.  Quando utilizada com o amarelo, ele ganha uma conotação de poder baseado na espiritualidade.  É possível encontrar em uma boa Googlada todo o significado das cores, é uma infinidade realmente. 


Os símbolos formavam frases


Essa é a característica mais fantástica do Kente, particularmente, o povo Ashanti construia frases e aforismos com o tecido e todos conseguiam reconhecer os seus significados. (tem uma história dos tambores ashanti, mas vou deixar para outro post)



PNEU NANKA (exploração)
Símbolo do trabalho forçado é oriundo de um provérbio que fala sobre carregar um fardo pesado, provavelmente utilizado pelas tribos que foram subjulgadas ao redor dos Ashantis. 



NA GYA DA MU - Crise na nação OYOKO
Símbolo de conflitos internos e alerta para a necessidade de reconciliação. Ele lembra a guerra civil que se iniciou com a morte de Osei Tutu, um heroi e líder Ashanti que iniciou a unificação do povo. 



APREMO  (Canon)
Resistência contra a dominação estrangeira, estratégia de guerra suprema. Ele simbolizava as estratégias de luta contra os europeus que utilizavam armas superiores às nações Akan. 


Kente são os tecidos mais utilizados em fabricações industriais

Pela sua popularização, a maioria das fabricações (fora da África) tenta emular ou é inspirada em um Kente, mas passam longe do seu simbolismo. Já em Gana e estilistas Africanos ou que tem seu trabalho ligados a essa cultura conseguem ainda carregar suas criações com a alma do povo Ashanti. 
Separei alguns belos exemplos da utilização moderna do Kente!



















Acompanhe o EBLack no Instagram e no Facebook.

featured 6517531090055719069

Postar um comentário

Página inicial item

Curta o EBlack

Popular Posts