Como melhorar o seu visual e estilo afro para 2017



Dezembro é aquela época em que as pessoas passam a fazer votos de como será o próximo ano e como de costume, todos querem ser melhores. Na profissão, no estudo, na dedicação com a saúde e por que não com o seu próprio estilo e visual?


Mudar e repensar sobre si mesmo é uma das características mais fantásticas do ser humano, basta ter vontade e fazer acontecer. E tudo bem se a gente precisa de um empurrãozinho, é natural e bem vindo. Tanto que separei algumas dicas para vocês despertarem o melhor que existe no seu estilo em 2017 

Saiba aonde quer chegar

A cultura afro é exuberante e tem centenas de raízes que podem inspirar o seu novo look. Do cenário Urbano das ruas de Nova York (berço do Hip Hop) ao mítico Recôncavo Baiano que bebe das referências de tecidos e motivos bem africanos.


Para não se perder, faça um “Look Book” afro. Use referências de artistas e personalidades que você pode encontrar aqui no blog ou no instagram - separe vários visuais e combinações de cores para as próximas estações, junte os acessórios desejados e os calçados que achar bonito.

Uma foto publicada por EBlack (@estiloblack) em

Planeje o que e onde comprar 

Provavelmente se você está olhando para um visual diferente do que usa vai precisar comprar peças novas (ou renovar as que tem), mas não vá estourar sua fatura do cartão de uma vez. 2016 foi um ano difícil economicamente então tente reaproveitar algo, customizando, levando ao tinteiro ou ao costureiro para ajustar medidas.

Para o que for comprar, pesquise bastante. Você pode encontrar algo que não é exatamente igual ao seu look book, mas que tem o mesmo impacto e função. Como saber se é vantajoso? Simples, veja as condições que a loja lhe oferece. A loja certa vai fazer a diferença no seu orçamento e principalmente no Guarda-roupas.


Dê uma pausa e tire tempo para você 

Quando terminar de organizar seu estilo, deixe problemas e vários assuntos para o próximo ano. Essa, aliás, é a principal dica de hoje. Antes de qualquer transformação você precisa se encontrar, saber se vale a pena e principalmente quem você é hoje.
Então dê uma pausa para equilibrar suas energias. Lá na frente você empenha toda sua força para buscar seus novos objetivos e estará se sentindo forte o suficiente para a jornada.

Esse tempo para se encontrar é um conceito tão necessário que as marcas estão investindo nisso. É o caso da Rensz, maior rede de calçados do Litoral Norte Paulista. Ela vai dar uma pausa nos pagamentos, quero dizer que comprando agora em Dezembro você só começa a pagar em Março.

Isso está me provocando muito a incluir vários dos seus calçados no meu look book pessoal - principalmente os Mocassins que tem tudo a ver com a cultura Afro e o clima tropical. Vou deixar umas imagens no final do post para ajudar 😉

Pra conferir e saber como aproveitar também essa pausa, clica aqui pra conhecer as lojas. São 5 no Litoral e 2 no Vale do Paraíba.

Estou indicando isso para vocês porque o Vale é onde eu moro e tenho muito orgulho daqui.  Quando vejo uma marca acreditando também na região e nas pessoas que moram aqui cria um sentimento muito acalentador.

Não basta pensar tem que agir

Como não podia ser diferente, a última dica para melhorar seu visual afro em 2017 é: Tenha atitude!
Não deixe tudo no plano dos sonhos, coloque suas mão para trabalhar. Vá atrás, corra, faça a sua parte. É bom ter lojas ajudando na hora do aperto e blogs servindo referências, mas você é o grande provedor da sua transformação. Não desperdice isso e não esqueçam de nos mandar as fotos para o Instagram depois


😍😍 Hora dos Mocassins - veja outros aqui




Removendo de vez (e de verdade) o brilho e a oleosidade da pele negra



Uma das coisas que acontecem com a pele negra - por conta da melanina - é o excesso de oleosidade. E isso é muito chato, aliás é péssimo. Ele sempre carrega um brilho indesejado e se sua pele é mais morena, como a minha, ainda fica com um tom avermelhado desconfortante.

Em épocas de inverno eu não tenho problema algum, mas quando bate o verão a coisa fica ruim e eu corro para procurar uma solução. Já passei por centenas de fórmulas caseiras e farmacológicas. Recentemente até comprei um hidratante da Natura (alguns dematologistas defendem que você precisa de um hidratante específico para evitar que a pele produza o óleo).



Olha, melhorou um pouquinho, só que ainda surgiam espinhas e brilho. Depois até descobri que esse não é exatamente o hidratante matizante para pele oleosa, meu problema diminuiu mas continuou me chateando em cada foto, evento ou compromisso que precisasse aparecer.

Usei também uma loção adstringente (que ajuda a fechar os poros) e nada. A maioria dos homens ficaria feliz com esse resultado, mas a verdade é que uma pele bem cuidada é grande parte de um visual bonito - sabe aquela coisa que ninguém consegue descrever mas que chama atenção em você, então.

Até que eu encontrei um kit perfeito da Roc e é sério, acabou tudo no segundo dia de uso.



O kit contém 1 Protetor Solar Roc Minesol Oil-Control FPS 70 (50g) - você pode achar que não precisa de um fator de proteção tão alto, realmente pode ser verdade, mas esse protetor tem um regulador de oleosidade e é exatamente ele que mantém o toque seco da pele o dia todo. 

 Também vem com 1 Gel de Limpeza Facial Purif-Ac (80g) que é indicado para higiene da pele oleosa ou mista com tendência à acne, cravos, poros obstruídos ou dilatados e excesso de brilho.

Você pode encontrar ambos sendo vendidos isoladamente, o preço é razoável (média de 70 para o protetor e 30 para o gel de limpeza). A dica é procurar na web e na farmácia o kit que vem com os dois, o gel é grátis nesse kit e compensa muito.

Emicida homenageia sua ancestralidade em clipe de “Mandume”



Para contar em clipe a história do rei angolano Mandume, que retrata na música homônima, do disco “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições Casa”, Emicida resgatou a sua ancestralidade em uma homenagem a “Mandumes” da atualidade.

Em vídeo com direção de Gabi Jacob estão ativistas, modelos, cantores, poetas, dançarinos e empresários, além dos artistas que participam na música _Rico Dalasam, Muzzike, Drik Barbosa, Amiri e Raphão Alaafin.

“A história de ‘Mandume’ fala sobre resistir e vencer. Esses pontos são comuns na vida de muitos brasileiros e brasileiras. Todos os dias, há tempos, o que fazemos é sacudir a poeira e dar a volta por cima. Tenho um sonho antigo, de a TV e o entretenimento em geral serem um espelho das calçadas. Sempre produzimos vídeos pensando nisso, e ‘Mandume’, com a Gabi Jacob, vem na mesma pegada. Estou muito feliz por cada uma das participações no projeto, cada uma das pessoas ali é um universo de criatividade e força incrível, trazendo uma homenagem à altura ao grande rei Mandume e a cada um dos que resistem dia após dia nas ruas desse mundão”, diz Emicida.


Cortes de cabelo Afro para 2017



Chegou a hora mais esperada dos últimos anos neste blog 😅 . Desde que fundei o EBlack, um dos artigos mais lidos é o tipos de cabelo para homens negros, que escrevi em 2013 e desde então vivo recebendo pedidos de novos cortes para inspirar os blacks de todo o Brasil. 

E já que é pra fazer, vim fazer direito. Procurei um dos melhores salões de cabelos e penteados afros que ouvi falar para me indicar as tendências que vão dominar a cabeça de homens negros em 2017. O salão é o Talentos Black, do Serginho que tem mais de 14 anos de experiência e já cortou o cabelo de inúmeras celebridades - depois eu falo mais, vamos aos cortes

Nudreds



Nudreads tem feito bastante sucesso ultimamente, algumas vezes você vai encontrar ele chamado de Twist na web e existem várias dicas de como fazer com uma esponja em sua casa.  Apesar de conseguir um bom resultado com isso, nada melhor do que ir em um salão especializado que vai fazer aquele fade dos lados e acertar com a lâmina pra deixar lindão.   Além disso, talvez você precise de uma pomada pra manter o efeito por mais tempo. 


Skin Fade




Quer dar mais vida e estilo para aquele cabelo baixo, quase raspado? Então o Skinfade é o seu corte. Sério, experimentem e sairão do salão se sentindo totalmente diferente daquela pessoa que apenas mantinha o cabelo baixo.  Existem inúmeras variações, algumas podem ter esse fade começando mais do topo ou não e com a barba certa você consegue um visual muito sóbrio e impactante. 


Tap Fade




O Tap Fade é uma variação do famoso degradê, mas que termina finalizado na tesoura. É um corte clássico da cultura Afro moderna. Fez muito sucesso fora do país nas décadas de 80/90 (você pode ver vários filmes da época) e agora chega como uma grande tendência em 2017. 


Moicano Nudreds




Se você quer ousar um pouco mais no visual do Nudread que citamos acima, pode combina-lo com um moicano. Esse corte fez a cabeça de cantores como Jason Derulo e Naldo Benny. O moicano bem feito com um fade também dá um charme a mais. 

Flat Top



Esse corte foi eternizado na cultura pop por Will Smith, o Fresh Prince.  É um corte muito irreverente e com variações inúmeras com fade, linhas feitas na lâmina e com topete mais alto ou não. Uma curiosidade é que esse corte não é de exclusividade afro, sendo utilizado pelo exército americano e até de um general alemão em 1914. 


Talentos Black  

Todas as imagens utilizadas no post são de cortes feitos pelo Serginho no Talentos Black, vale muito a pena dar uma olhada no instagram dele e acompanhar o trabalho, cursos e workshops que promove.  Além de ver quem são as personalidades famosas que passam pelo seu salão e se inspirar :)

Acompanhem - www.instagram.com/talentosblack/

E, claro, não deixem de seguir o EBlack também - www.instagram.com/estiloblack/


Netflix estreia série sobre o nascimento e a evolução da cultura Hip Hop



Hip-Hop está em alta no Netflix, após lançarem The Get Down que conta de forma fantástica a história do nascimento dessa cultura, agora estreia o documentário Hip-Hop Evolution mostrando como esse movimento não apenas influenciou a sociedade como se tornou a sociedade, o maior fenômeno cultural das últimas décadas, capaz de romper fronteiras e estimular ritmos e grupos de vários outros países.

O primeiro episódio chamado "Os alicerces" trazem entrevistas com Kool Herc, Grand Master Flash e Afrika Bambaataa, conhecidos como a Trindade Sagrada do Hi-Hop e ainda elucidam um assunto controverso: quem foi o primeiro Rapper?

Estou realmente vidrado na série, deu até vontade de rever todo o The Get Down :)


Como desenhar a barba com barbeador elétrico em casa

Como desenhar a barba com barbeador elétrico em casa


Hoje em dia quase todo mundo tem um daqueles barbeadores ou aparadores de pelos elétricos em casa, principalmente se você é um homem que gosta de manter o visual. Claro que ir a um barbeiro é a melhor forma de fazer o design perfeito da barba, mas podemos dar aquela ajeitada para ficar melhor, não acham?

Então fiquem de olho nesse vídeo que mostra o processo para fazer isso usando um desses barbeadores e finalizando com a lâmina.



Não esquece de seguir nosso instagram também :)

Tatuagem em pele negra: mitos e verdades



Existem muitos mitos sobre a tatuagem na pele morena ou negra. Muitas pessoas afirmam que só podem ser usadas as cores preta, cinza e até branca para que os desenhos apareçam, que a pigmentação não pega ou até mesmo que desbota mais rápido, entre outras afirmações.

A verdade é que, existe sim diferença entre tatuar uma pele negra e branca. Não só pelo contraste, mas também porque a pele negra possui mais glândulas sudoríparas – responsáveis pela transpiração - e por isso tendem a ser mais oleosas, propensas a acnes, pequenas lesões inflamatórias nos poros e maior dificuldade de cicatrização.

Não é assim tão fácil pigmentar uma pele negra, mas também não é uma missão impossível. Isso se deve ao fato de que, diferente das peles brancas, a melanina que existe nas células da derme age como se fosse um filtro, escondendo alguns dos pigmentos mais claros do que a pele.

Para não haver problemas na hora de tatuar, é recomendável conversar com um dermatologista para saber se você pode ser propenso a queloides (cicatrizes grandes comuns com peles escuras), que podem acabar interferindo no desenho e na cicatrização da tatuagem.



“A pele negra é muito sensível e requer um cuidado maior na aplicação da tattoo, pois tem uma forte tendência a queloides e a cicatrização marcada. Por isso muitas tribos africanas adotam a escarificação (produção de cicatriz). Cores quentes, por exemplo, não pegam neste tom de pele. Já as cores frias aderem melhor, mesmo assim, por causa da pigmentação natural (melanina), a tinta precisa ser de tom mais escuro, pois é aplicada embaixo da epiderme, e por isso as tattoos com preto são as mais indicadas”, explica Paulão Tattoo, proprietário do Soul Tattoo.

Com a escolha de um bom tatuador (a), que converse e explique todos os cuidados e problemas que podem acontecer com o desenho, é possível sim, fazer a tatuagem em uma pele morena ou negra. As tatuagens em black and grey são as mais indicadas, mas nada impede que a tattoo tenha cores, só é preciso pensar quais são as mais indicadas para cada tonalidade.





Sobre o Soul Tattoo Art & Café:

O Soul Tattoo Art & Café surgiu da ideia de oferecer aos amantes da tatuagem um novo conceito em estúdio, algo que remeta à experiência da estadia em um hotel boutique. Fugindo do convencional e integrando a tatuagem a outras formas de arte, integra os conceitos de galeria, gastronomia, decoração, moda e design de joias em um lounge aconchegante, com acesso a livros e revistas enquanto degusta um café gourmet ao som de músicas ecléticas e livre acesso à rede Wi-Fi. Tudo pensado para deixar a sua visita mais agradável! O charmoso studio localizado em Pinheiros, na Rua Oscar Freire, 2203.

Informações:
 www.facebook.com/Soultattooartecafe
 www.instagram.com/soultattooartecafe/

14ª edição do Troféu Raça Negra vai homenagear Elza Soares



Mestres de cerimônia da edição de 2015 do Troféu Raça Negra, junto com Erika Januza e Hélio de La Peña, o casal de atores Érico Brás e Kênia Maria se prepara para repetir a dose este ano.  Eles dividirão o palco da Sala São Paulo, no dia 21 de novembro, com os também atores Fábio Rhoden e Lidi Lisboa, na apresentação dos convidados e atrações da 14ª edição da festa, que homenageia a cantora Elza Soares.

Érico e Kênia foram premiados no ano passado - junto com os filhos Gabriela e Matheus - pelo trabalho com a websérie Tá bom para você?”, criada em 2013 com o objetivo de recriar estereótipos de peças publicitárias usando o humor para propor  novas imagens e conceitos  de inclusão do negro em um mercado maciçamente branco.

Já Fábio Rhoden e Lidi Lisboa participam pela primeira vez do Troféu Raça Negra. O casal atualmente viaja com a peça “As loucuras que as mulheres fazem”, com direção de Dan Rosseto. Lidi também pode ser vista na novela escrava Mãe, da Record.